Projetos Six Sigma Combat

Expressando, em primeiro plano, os nosso sinceros agradecimentos a:

 – Abraham de Moivre (1667-1754) e Carl Frederick Gauss (1777-1855) que lançaram as bases para o conhecimento da Distribuição Normal  e do Teorema do Limite Central;

Walter Andrew Shewhart (1891 – 1967) ao desenvolver o Controlo Estatístico do Processo (CEP).

Motorola Inc. (11/06/1991) regista a marca “SIX SIGMA” como designação de uma metodologia de base estatística para reduzir a variação dos processos de produção.

Apresentamos os Projetos Six Sigma Combat como uma abordagem metodológica aplicada à diminuição da variabilidade dos processos, causa de defeitos, defeituosos e com implicações significativas na produtividade das organizações.

Os Projetos Six Sigma Combat são, em primeiro plano, uma orientação estratégica organizacional que visa o aumento da satisfação do cliente via melhoria continua da rentabilidade da organização (orientação lucro / valor). As suas bases / fundamentos centram-se na aplicação de uma metodologia (DMAIC) por etapas sustentadas por uma formação sólida dos seus intervenientes /agentes e um constante focus/ persistência no objetivo de “redução de custos”, mediante um trabalho contínuo de otimização de processos.

Esta (nova) metodologia agrupa assim princípios anteriormente dispersos em múltiplas ferramentas e/ ou sistemas de eficiência organizacional, perspectivando ganhos financeiros através da:

– melhoria da qualidade;

– redução de custos.

O indicador utilizado para medir a performance de qualquer processo é o seu nível Sigma, refletindo assim a quantidade de defeitos por milhão de oportunidades (DPMO), objetivando (benchmark) a máxima proximidade com 3,4 DPMO ou nível 6 Sigma .

O DMAIC utiliza ferramentas estatísticas (descritivas e inferenciais) que, não sendo novas, permitem uma abordagem factual e confiante pela equipa de projeto. Sendo evidente a necessidade de um elevado comprometimento da gestão de topo, o DMAIC representa uma abordagem sistémica e estruturada das suas etapas.

DMAIC

 

Não podemos deixar de referir que os Projetos Six Sigma Combat podem (e por vezes, devem) ser aliados de Projetos Lean Combat, complementando-se na perfeição quando os objetivos de cada projeto em concreto o solicitam.

ARTIGOS

Monozukuri wa Hitozukuri

Consulte o artigo de Bruna Cunha sobre Monozukuri wa hitozukuri : “fazer as pessoas antes de fazer as coisas”

O Poder dos 5S no Desenvolvimento da Filosofia Lean

Consulte o artigo de Núria Farias sobre O Poder dos 5S no Desenvolvimento da Filosofia Lean.